Hospital do Câncer de Barretos recebe livros do Idéia Fixa

Livros infantis vão abastecer a sala de aula hospitalar, os alojamentos de crianças e serão repassados diretamente a pacientes internados

Completando nove anos de existência pelas estradas brasileiras, o Projeto Idéia Fixa chega mais uma vez a região através da parceria com o V Rally Barretos. Cumprindo a missão de disseminar o hábito da leitura entre a população infantil de cidades que estejam na rota dos diversos ralis realizados pelo país, o Projeto realizou a doação de 5 mil livros infantis a Fundação Pio XII, mantenedora do Hospital de Câncer de Barretos.

A entrega oficial da doação aconteceu na manhã do último sábado, dia 26. Enquanto os carros e caminhões disputavam os melhores tempos na pista do Parque do Peão e as motos e quadriciclos enfrentavam a lama e a poeira das estradas rurais da região, a presidente do Idéia Fixa, Tânia Mara Matias de Carvalho, explorava os corredores e quartos da ala pediátrica do Hospital de Câncer de Barretos, distribuindo livros para os pequenos pacientes internados.

Com cerca de 3 mil atendimentos ambulatoriais diários, o Hospital de Câncer de Barretos é hoje referência nacional no tratamento e prevenção de câncer. São pacientes vindos de mais de 1,3 mil municípios de 27 estados brasileiros, atendidos gratuitamente no Hospital, através do Serviço Único de Saúde, o SUS. A ala pediátrica, instalada no Pavilhão Sandy & Junior, conta com brinquedoteca e sala de aula hospitalar para que as crianças internadas não interrompam seus estudos. Parte dos 5 mil livros doados pelo Projeto Idéia Fixa, através do Rally Barretos, ficarão nessa sala, outra parte será destinada aos dois alojamentos infantis que abrigam crianças em tratamento e suas famílias, enquanto alguns livros foram entregues diretamente aos pacientes internados pela presidente do Projeto, Tânia Mara Matias de Carvalho.

Por ter como referência apenas o que conhecia da mídia, Tânia surpreendeu-se com as proporções físicas do Hospital de Câncer, unidade Barretos, hoje distribuídas em 16 pavilhões. Mas o que mais chamou a atenção da idealizadora do Projeto Idéia Fixa foi a qualidade humana do atendimento. “Nossa ação foi uma pequena faísca diante da fogueira de amor ao próximo demonstrada pelas colaboradoras. Todos são muito dedicados e toda tecnologia do mundo seria ineficiente se desde a criação do Hospital, o amor não tivesse sido colocado em primeiro lugar”. Declarou visivelmente emocionada, a Presidente do Projeto Idéia Fixa, acostumada a ver as agruras vividas pelo sertanejo.

Verifique também

Ação do Projeto Ideia Fixa pela Cultura realizada em Conchal foi um sucesso!

Com o objetivo de levar um pouco da cultura poços-caldense através de seus livros, a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *